SENHOR DA DANÇA

Era um vej
máscara.
Máscara tava vivê má céu
e má terra.

Tam-tam-tam-tam-tam

Máscara tava dançá
má lua,
má estrela e má sol.

Tam-tam-tam-tam-tam

E kond terra
fazê el mêsm de nôj,
kond vales,
florestas e montanhas
destacá ne horizont,
kond água de kej lagos,
rios e mares
envolvê natureza
e kond animais txegá
um por um,
kel máscara txi
pé mei de kej home e de kej amdjer
e ej dançá tud junt.

Tam-tam-tam-tam-tam

Tambores sagrod e kontes ritmods
pé celebrá aligria e flicidad,
má também pé apagá
tristeza e sofriment.

Tam-tam-tam-tam-ta

Versos do poema de Véronique Tadjo (Falas Afrikanas)
Tradução José Pinto
Revisão Márcia Freitas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.